FUNDAÇÃO LUTERANA DE DIACONIA

Notícias

Campanha 16 dias pelo fim da Violência contra Mulheres segue até 10 de dezembro

A mostra Nem Tão Doce Lar, que integra as ações da FLD na Campanha dos 16 Dias de Ativismo pelo fim da Violência contra as Mulheres, é uma ferramenta de incentivo à superação da violência no âmbito doméstico e familiar. Apresenta uma metodologia inovadora para a sensibilização da sociedade na discussão sobre a violação dos direitos das mulheres. Outro ponto fundamental é que a exposição incentiva a criação de redes de apoio onde estas ainda não existem e o fortalecimento e ampliação das redes onde já estão constituídas.

No ano de 2014, a exposição esteve em diferentes cidades e estados, entre as quais Porto Alegre (RS), Joinville (SC), Rio Claro (SP),  Espigão do Oeste (RO),  Recife e Gravatá (PE) e Fortaleza (CE). Agora, nos próximos dias, já foi inaugurada em Canoas e Santa Rosa (RS), como parte da campanha global.

A Nem tão Doce Lar enfatiza a superação da violência contra públicos específicos, como mulheres, pessoas idosas, pessoas com deficiência, crianças e adolescentes. Para sua execução, cabe à FLD fornecer um manual de utensílios e mobiliário, monitorar a montagem da exposição e assessorar a formação de pessoas para atuação como acolhedoras e acolhedores junto ao público visitante.


Campanha dos 16 Dias

A Campanha dos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres teve início em 1991, quando mulheres de diferentes países se reuniram com o propósito de discutir temas relacionados, como a violência de gênero.

O dia escolhido para iniciar a campanha foi 25 de novembro, o Dia Internacional da Superação da Violência contra as Mulheres. Mais de 150 países aderiram à iniciativa, entre eles o Brasil.  Aqui, esta inicia antes, abrangendo cinco importantes datas do calendário nacional:

  • 20 de novembro - Dia da Consciência Negra.
  • 25 de novembro - Dia da Superação da Violência contra as Mulheres.
  • 1 de dezembro - Dia mundial de luta contra a AIDS.
  • 6 de dezembro - Campanha do laço branco.
  • e 10 de dezembro - Dia Mundial dos Direitos Humanos. 

Ao antecipar o inicio da campanha para 20 de novembro, propõe uma reflexão sobre a situação das mulheres negras, fazendo uma ligação direta entre violência de gênero e racismo no Brasil.

Mais informações sobre a mostra Nem tão Doce Lar podem ser encontradas aqui, e sobre a Campanha dos 16 Dias de ativismo, nos links http://professoraalice.jusbrasil.com.br/noticias/1... e http://www.cfess.org.br/arquivos/contraviolenciamu...

Foto da capa: Nem tão Doce Lar na cidade de Santa Rosa (RS).