FUNDAÇÃO LUTERANA DE DIACONIA

Notícias

Catadoras e catadores inauguram Unidade de Beneficiamento de Polímeros

10-08-2016

Unidade benef polímeros 1

No dia 9 de agosto foi inaugurada a Unidade de Beneficiamento de Polímeros, em Gravataí (RS), resultado do projeto Catadoras e Catadores em Rede - pela Reciclagem Popular -  executado pela Fundação Luterana de Diaconia (FLD) em parceria com o Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR) e patrocinado pelo Programa Petrobras Socioambiental. A unidade vai permitir a comercialização direta entre cooperativas vinculadas à Rede Coleta Solidária do Vale do Gravataí e indústrias de plásticos, aumentando a renda de cooperadas e cooperados.

O foco será na produção de pellets brancos e coloridos, a partir da transformação de resíduos de polipropileno (PP) e polietileno (PE). A produção deverá chegar a 280 toneladas/ano de material.  

Gilmar da Silva, coordenador da Cooperativa de Trabalhadores Carroceiros e Catadores de Materiais Recicláveis, Industrialização e Comercialização de Gravataí (Cootracar), disse, no ato de lançamento, o quanto catadoras e catadores lutaram por esse momento. “Olhando para as companheiras e companheiros, vejo que chegamos aqui com esforço. Foi um trabalho de muitas mãos e empenho de muitas pessoas. Somos resultado desse empenho, junto com o apoio das entidades parceiras, que sempre estiveram junto”. 

“É uma vitória e, mesmo longe, nos sentimos incluídos. É uma emoção grande estar aqui”, disse o catador Nelson Alves da Silva, da Associação Comunitária de Catadores e Trabalhadores do Lixo (Acotrali), ligada à Rede Catapampa. Ele veio de Vera Cruz (RS) com outras catadoras e catadores do Vale do Rio Pardo, para prestigiar a inauguração.

A secretária executiva da FLD, Cibele Kuss, presente no ato, parabenizou catadoras e catadores pela inauguração: “vocês são as e os protagonistas do processo que resultou nesse empreendimento. Alegra-nos a parceria, que continua no projeto Mulher Catadora é Mulher que Luta”, afirmou. O Mulher Catadora é Mulher que Luta  combina a qualificação da prestação de serviços e gestão democrática, na área da reciclagem, e relações de cooperação sustentadas na justiça de gênero. 

A secretária executiva também apresentou e entregou exemplares do livro Catadoras e Catadores em Rede – Fortalecendo a Reciclagem Popular – (clique aqui para ler) com imagens, depoimentos e informações sobre os resultados do projeto.

Também participaram do evento a primeira dama de Gravataí, Patrícia Bazzoti Alba, o secretário municipal de Governança, Claiton Manfro, o secretário municipal de Serviços Urbanos, Paulo Garcia, e o secretário de Meio Ambiente de Sapucaia, Alex Vargas.