FUNDAÇÃO LUTERANA DE DIACONIA

Notícias

Como lidar com crianças em situações de emergência - o enfoque de apoio psicossocial

A partir de um convite da Comunidade Evangélica de Blumenau/União Paroquial Luterana (CEB-UPL), vinculada ao Sínodo Vale do Itajaí/Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB), a FLD promoveu naquela cidade a oficina Como lidar com crianças em situações de emergência?, a partir do enfoque de Apoio Psicossocial de Base Comunitária.

A oficina reuniu um grupo de voluntárias e voluntários que atuam no projeto Missão Criança e no Culto Infanto-Juvenil das oito paróquias filiadas à CEB-URL, e integra um programa maior, chamado Domingo Fraterno. O programa teve início com a estruturação do trabalho no Programa Missão Criança e Culto Infantil, a partir de 1996.

"Blumenau é assolada por inundações. Em 2008 houve uma grande catástrofe, da qual todas pessoas ainda se lembram", disse a catequista da CEB, Sara Regina Hoppen. "Hoje, quando acontece algo, as pessoas recebem assistência da Defesa Civil municipal e várias de nossas paróquias servem como abrigo para essa população. Por isso, o interesse no tema."

Para Sara, o objetivo é sensibilizar as pessoas para que percebam o quanto podem contribuir na área da espiritualidade. "Blumenau tem um povo muito solidário em termos de donativos, distribuição de bens materiais, para as necessidades básicas. No entanto, é preciso trabalhar as questões complementares, as emoções, os comportamentos e a espiritualidade - de um jeito luterano."

Oficina

"Já tivemos muitas situações de emergências e catástrofes em Blumenau. No decorrer  dos anos, fomos sendo orientadas e capacitadas pela defesa civil.  Na Paróquia Blumenau- Velha  temos um núcleo de atendimento , onde todas as pessoas se engajam e como comunidade cristã colocamos o nosso tempo e nossos dons a serviço do próximo. Para mim, a oficina  foi de grande importância. Saber que a IECLB  está presente, cada vez mais atenta  para estas situações e que, como igreja, podemos fazer gestos simples mas muito impactantes - como sentar com as crianças abrigadas, reservar um tempo para elas, contando histórias, cantando, promovendo dinâmicas, independente do seu credo religioso.

Helga Koffke, Missão Criança, Paróquia Evangélica de Confissão Luterana - Blumenau Velha

"Gostei muito. O tempo foi curto! A discussão trouxe questões profundas a serem pensadas. Podemos ou não promover momentos bíblicos e canções com as crianças em situações de emergência? O emocional fica abalado, as pessoas que enfrentam o medo, precisam de atenção. As mães e os pais talvez sintam-se mais seguros quando as crianças têm espaço de brincadeira e de alegria em uma situação tão difícil. Seria ótimo ter mais um encontro para quem pode atuar de forma prática com as crianças, com relatos de paróquias que já fizeram ações semelhantes.

Carla Knoch, Culto Infanto-Juvenil, Paróquia Evangélica de Confissão Luterana - Blumenau Martin Luther - Progresso