FUNDAÇÃO LUTERANA DE DIACONIA

Notícias

Conselho Deliberativo da Aliança ACT elege novas e novos integrantes

A assessora de projetos da FLD, Angelique van Zeeland, passou a integrar o Conselho Deliberativo da Aliança ACT como representante da América do Sul, indicada pelo fórum Sul-americano da aliança - FE Sur.  A eleição ocorreu na II Assembleia Geral da entidade, realizada em Punta Cana, República Dominicana, de 21 a 25 de outubro de 2014. ACT é uma coalizão de mais de 140 igrejas e organizações ecumênicas, trabalhando em 140 países.

Dezenove pessoas integram o conselho, eleitas a partir de diferentes regiões e organizações membro. A Federação Luterana Mundial e o Conselho Mundial de Igrejas são membros natos.

Para a assessora de projetos da FLD, entre os grandes desafios da Aliança estão o fortalecimento da cooperação sul-sul e a parceria entre organizações da sociedade civil dos países em desenvolvimento. “Devemos buscar a trocar de metodologias e aprendizagens, a ampliação dos espaços para o trabalho em desenvolvimento transformador, ajuda humanitária e incidência em políticas públicas, assim como a sustentabilidade das organizações da sociedade civil", disse.

Além das eleições, foi destaque a discussão sobre as mudanças nos contextos da ajuda humanitária e desenvolvimento e como estas se refletem nas comunidades vulneráveis e empobrecidas e nos membros da aliança. Outro ponto tratado foi a definição de três novas ênfases de ACT - Dignidade Humana, Resiliência Comunitária e Sustentabilidade Ambiental -, a partir do planejamento estratégico para o quadriênio 2015-2018. A proposta é dar maior unidade às três ênfases anteriores, que são ajuda humanitária, desenvolvimento e incidência.

Mudanças climáticas

No que se refere a ações de incidência para os próximos anos, estas ficarão, com maior ênfase, em torno do tema da Justiça Climática. Para marcar o início das atividades, foi lançada durante o encontro a Campanha da Aliança ACT pelo Clima. O principal objetivo é mobilizar as organizações membro para criarem um movimento pela aprovação do Acordo Universal sobre o Clima, que será discutido na Conferência das Partes sobre o Clima (COP 20), em Paris, França, de 30 de novembro a 11 de dezembro de 2015.

Parceiros brasileiros

Junto com a FLD estiveram presentes na II Assembleia de ACT as organizações Diaconia, com sede em Recife, representada pelo diretor executivo, Armindo Klumb, e Koinonia, representada pelo secretário executivo, Rafael Soares de Oliveira e pelo Bispo Primaz da IEAB, Dom Francisco de Assis da Silva. Também esteve presente o teólogo Marcelo Schneider, representante do Conselho Mundial de Igrejas na América Latina.

Foto: Sean Hawkey/Aliança ACT