FUNDAÇÃO LUTERANA DE DIACONIA

Notícias

Expocatadores reúne 4 mil catadoras e catadores e recebe 10 mil visitantes

Entre os dias 1 e 3 de dezembro, o Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo (SP), foi o centro das atenções para os diversos setores envolvidos na cadeia produtiva da reciclagem no Brasil. A quinta edição da Expocatadores reuniu aproximadamente quatro mil catadoras e catadores brasileiros e de outros 14 países latino-americanos, com delegações de Honduras, El Salvador, Panamá, Guatemala, Venezuela, Colômbia, Equador, Peru, Argentina e Uruguai. Aproximadamente 10 mil pessoas passaram pelo evento.

A FLD participou do encontro, com um estande e exposição dos avanços obtidos via o Projeto Pampa, desenvolvido na fronteira Oeste do Rio Grande do Sul, nas áreas de biodiversidade e de resíduos sólidos. Também levaram informação sobre avanços e conquistas relacionados ao projeto Catadoras e Catadores em Rede, da FLD em parceria do Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR) e com patrocínio do Programa Petrobras Socioambiental.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva esteve na abertura oficial e falou sobre o caminho construído pelo Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR) nos últimos anos. “Houve um tempo em que era mais fácil olhar para um catador de papel e achá-lo desprezível. Vocês foram transformados em atores políticos, entenderam que a profissão de vocês não é menor que nenhuma outra”.

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, garantiu que resíduos sólidos e reciclagem são prioridade da sua gestão. “Vamos ser exemplo para o Brasil e para a América Latina. Não queremos lixão, não queremos incineração”. Hoje, a cidade conta com duas centrais mecanizadas, uma na Ponte Pequena e uma em Santo Amaro, com capacidade instalada de 250 toneladas-dia de triagem e separação de 13 tipos de resíduos.

Pela primeira vez em cinco anos, a Expocatadores recebeu em sua programação um projeto viabilizado por meio de incentivos fiscais do ProAC (Programação Ação Cultural de SP).  Diversas oficinas artísticas e educativas foram oferecidas a grupos de crianças e adolescentes, que se divertiram com a confecção de painel de mosaico, máscaras, objetos de vidro e outros artesanatos, além da programação de vídeos e documentários.

No encerramento, a presidenta Dilma Rousseff reafirmou o compromisso do Governo Federal com catadoras e catadores e a população de situação de rua. Ela fez a entrega de certificados de formação a pessoas que se beneficiaram diretamente na modalidade “Pronatec Pop Rua”, criada em 2014, com 980 vagas ofertadas. “Tenho muito orgulho de ter alunos da população de rua diplomados pelo Pronatec", exaltou.

O Prêmio Cidade Pró-Catador, que reconhece experiências vitoriosas nas cidades brasileiras, foram entregues aos municípios de Londrina (PR), Brazópolis (MG), Santa Cruz do Sul (RS) e Manhumirim (MG).

Ao encerrar a Solenidade, Dilma enfatizou que a concepção do seu governo é proporcionar direitos e oportunidades iguais a todos os brasileiros. “Vocês são parte da proposta-mãe do Governo Federal, que é crescer garantindo a inclusão. Por isso o trabalho de vocês será cada vez mais importante”, garantiu. “Vocês trabalham no que é descartado, no que é passado, mas também na possibilidade de construir um futuro melhor. Por isso, digo que vocês são os ‘Catadores de Futuro’!”.

Foto: Parte da equipe em frente ao estande da FLD, com a ministra do Meio Ambiente, Izzabela Teixeira

Fonte: http://www.mncr.org.br