FUNDAÇÃO LUTERANA DE DIACONIA

Notícias

FLD divulga nota de solidariedade à Comunidade Kaingang

19-10-2015

Já faz tempo que vivemos esta situação. Pedir ou não pedir, é nada. Outras pessoas já morreram. Peço justiça. Peço apoio de todas as pessoas.

Cacique Carlos Soares, Comunidade Kaingang Jamã Tÿ Tãnh

A Fundação Luterana de Diaconia manifesta profunda solidariedade, tristeza e indignação pela morte, na manhã de 19 de outubro, de duas adolescentes e uma menina indígenas, da Comunidade Kaingang Jamã Tÿ Tãnh, localizada próxima da BR-386, em Estrela (RS). 

Chaiane Soares Lemes (15), Franciele dos Santos Soares (14) e Tais Soares Lemes (9) foram violentamente atingidas por um caminhão em alta velocidade, enquanto caminhavam em direção à escola, na BR 386. A irmã de Chaiane e de Tais, Anelize Soares Lemes (13) está hospitalizada em estado grave.

Com a duplicação da rodovia, cresceram a vulnerabilidade e a violação dos direitos humanos da comunidade Jamã Tÿ Tãnh em vários aspectos, expondo, em especial, crianças, jovens e mulheres a situações de perigo e de morte. 

Enquanto existir preconceito, discriminação e descaso, povos indígenas, assim como outras populações tradicionais, fragilizadas e invisibilizadas no nosso país, continuarão tendo negados seu território, sua cultura e seu reconhecimento como população originária brasileira.

Ainda, repudiamos toda e qualquer indicação de que Chaiane, Franciele e Taís são culpadas de suas mortes, criminalizando-as, e transformando o agressor em uma vítima. 

Exigimos que os órgãos públicos cumpram seu papel de proteção incondicional e tomem as devidas providências no processo de investigação e responsabilização das pessoas, empresas e instituições públicas envolvidas.