FUNDAÇÃO LUTERANA DE DIACONIA

Notícias

Formação busca prevenir exploração sexual e tráfico de crianças e adolescentes

A organização Gerando Vida, que atua no bairro Praça da Bandeira, na cidade do Rio de Janeiro (RJ), tem parceria com a FLD através do projeto Crescer Crescer, destinado a crianças e adolescentes com idade de 9 a 18 anos. Iniciado por ocasião da Copa do Mundo no Brasil, o projeto objetiva prevenir a exploração sexual e o tráfico de crianças e adolescentes, através de oficinas de música e de percepção corporal. Mães e pais são envolvidas/os nas atividades, recebendo informações e alertas sobre exploração sexual e tráfico.

o projeto pode ser acompanhado através de seu facebook.

Gerando Vida

A Gerando Vida foi criada em 12 de outubro de 2008, próxima aos centros de prostituição da Quinta da Boa Vista e São Cristóvão. Suas principais atividades são oficinas educativas e artísticas, reforço escolar, cursos profissionalizantes e ações informativas.

A forma de gestão é democrática e a população local participa das etapas de elaboração, execução e avaliação dos projetos. As principais parcerias da organização foram com a Universidade Unisuam, para ação psicossocial com crianças e adolescentes (2010), cursos de profissionalização do Senac (2010), projeto de inclusão socioeconômica de mulheres com a Planet Finance e Comissão Europeia (2013/2014) e Projeto de Prevenção ao Tráfico de Pessoas com o Ministério da Justiça (2014).

Em 2011, a Gerando Vida foi premiada com o Troféu Beija-Flor, recebido pela colaboradora Euzi Ramos, pela atuação social com crianças e adolescentes na região, e em 2013, com o Prêmio Mulheres e Direitos Humanos/Microempreendedorismo, recebido pela colaboradora Francine Rocha, em Paris, no dia 9 de dezembro.

Entre seus parceiros, estão a Secretaria Estadual de Assistência Social e Direitos Humanos, Centro de Referência de Assistência Social, Universidade Unisuam, Coordenação Municipal de Direitos Humanos, Conselho Tutelar, Comitê Estadual de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, com as ongs Projeto Legal, Projeto Resgate e Projeto Madalenas.

Foto: Viver Viver

Em anexo, para download, a publicação Exploração de crianças e adolescentes e a Copa do Mundo: uma análise dos riscos e das intervenções de proteção, da School of Sport and Education, Brunel University, London, estudo encomendado pela Fundação Oaks