FUNDAÇÃO LUTERANA DE DIACONIA

Notícias

Fundação Luterana de Diaconia terá nova secretária executiva

No dia 9 de julho, terça-feira, a Diretoria Executiva e a Presidência do Conselho da FLD divulgaram o nome da pessoa que irá substituir o atual secretário executivo, Carlos Gilberto Bock. A seleção foi feita pelo presidente e vogais da Diretoria, Carlos Hopfer, Valmi Becker e Mathias Möller, e pela vice-presidente do Conselho, Marliza Schwingel, em representação ao presidente, Roni Bonow (na foto, da esquerda para direita: Valmi Becker, Carlos Hopfer, Carlos Gilberto Bock, Mathias Möller e Marliza Schwingel).

É a primeira vez que uma mulher estará à frente da FLD: o cargo será assumido pela pastora Cibele Kuss, que atuou por 13 anos na Paróquia Evangélica de Confissão Luterana, em Belém. No período de 2007 a 2011, ela exerceu o cargo de ouvidora do Sistema de Segurança Pública do Estado do Pará. Desde fevereiro deste ano, ela está atuando como pastora na Comunidade Evangélica de Joinville (SC) – Paróquia Bom Pastor.

Como experiências adicionais no seu currículo, destacam-se o cargo de vice-presidente da Coordenadoria Ecumênica de Serviços (CESE), representações na Aliança ACT, no Conselho Mundial de Igrejas (CMI) e na Federação Luterana Mundial (FLM). Ainda, tem reconhecida atuação em defesa dos direitos humanos em nosso país.

A mudança está sendo feita uma vez que o atual secretário executivo, Carlos Gilberto Bock, foi selecionado para ser o novo diretor do Departamento de Missão e Desenvolvimento (DMD) da Federação Luterana Mundial (FLM). Sua indicação para o cargo contou o conhecimento e anuência da Diretoria da FLD e com o endosso da Presidência da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB). Sua transferência para Genebra, sede da FLM, está prevista para o final de agosto. Como a pastora Cibele exerce uma atividade pastoral em comunidade da IECLB, o prazo para que ela assuma a nova função deverá ser ainda combinado.