FUNDAÇÃO LUTERANA DE DIACONIA

Notícias

Fusão de EED e PPM cria Organização Protestante para Diaconia e Desenvolvimento

O Serviço das Igrejas Evangélicas na Alemanha para o Desenvolvimento (EED, em alemão) e Pão para o Mundo (PPM), agências de cooperação que mantêm longa parceria com organizações no Brasil, entre elas a Fundação Luterana de Diaconia (FLD), comunicaram oficialmente sua fusão, decidida em Assembleia Geral no dia 14 de junho de 2012.

A nova instituição – a Organização Protestante para a Diaconia e o Desenvolvimento (Evangelisches Werk für Diakonie und Entwicklung) –, terá sede em Berlim definitivamente no dia 15 de outubro, quando os escritórios e o quadro do EED estarão totalmente remanejados de Bonn, onde estava sediado.

A proposta de junção vinha sendo planejada há algum tempo. “O processo exigiu um grande esforço, muitas reuniões, conversas, encontros e discussões, durante os últimos anos”, disse o chefe de Departamento América Latina e Caribe, Uwe Asseln-Keller. “E agora temos concretizada a reunião de duas entidades irmãs – EED e PPM –, e a criação da Organização Protestante para a Diaconia e o Desenvolvimento. É gratificante.”

A área de Programas Internacionais, coordenada pela Dra. Claudia Warning, assim como a Divisão de Coordenação de Programas, será composta por quatro departamentos continentais (África, América Latina e Caribe, Ásia, Pacifico e a região do Cáucaso e do Oriente Médio e a Europa Supranacional), além da Divisão de Assessoria. 

O novo Departamento Latino-americano e Caribe resulta da junção das áreas para a América Latina e Caribe do EED e PPM. Para operacionalizar o trabalho, estará dividido em duas unidades regionais, que serão conduzidas de Berlim: México, América Central e Caribe (com ações no México, Cuba, Panamá e Haiti); e América do Sul (Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai, Colômbia, Equador e Chile). Os países da Guatemala, Honduras, El Salvador, Nicarágua e Costa Rica serão atendidos a partir do escritório regional Costa Rica, em São José da Costa Rica; e Peru e Bolívia, do escritório regional Lima, no Peru.

“A cooperação alemã, através de PPM e EED, teve um papel de grande relevância para a promoção do desenvolvimento sustentável, a defesa da democracia e dos direitos humanos, através do apoio a diversas organizações sociais, ecumênicas e diaconais em nosso país, entre as quais a Fundação Luterana de Diaconia (FLD), o Centro de Apoio ao Pequeno Agricultor (CAPA) e o Conselho de Missão entre Indígenas (COMIN)”, disse o secretário executivo da FLD, Carlos Gilberto Bock. “A nova Organização Protestante para a Diaconia e o Desenvolvimento dará continuidade a esta história de parceria e cooperação”.