FUNDAÇÃO LUTERANA DE DIACONIA

Notícias

"Não somos mais as mesmas que aqui chegamos, pois adquirimos mais conhecimentos"

Moldar a natureza com todos seus elementos. Com a articulação da Fundação Luterana, Emater, mulheres assentadas e acampadas, nossos queridos assessores, Vitor e Rodrigo, resgataram em nós a relação com a vida da natureza. Nossas mentes projetaram o que cada uma mais se identificava e nossas mãos moldaram as madeiras. Nós já não somos as mesmas que chegamos aqui, pois adquirimos mais conhecimentos. O desafio maior é a continuidade desse projeto em torno da renda e do resgate da auto-estima. Com certeza quem ficou em nossos lares está na expectativa de nossa chegada para ver o que construímos coletivamente. Seguimos em frente através do artesanato. Através da madeira, matéria-prima natural, nós mulheres e homens nos forjamos sujeitos desta história defensora da mãe natureza e de todo o seu ciclo.

Viva o artesanato em madeira!

A mensagem acima foi escrita pelas 19 mulheres que participaram da Oficina de Artesanato em Madeira, promovida no dia 9 de outubro de 2014, pela FLD, por meio do projeto Pampa. A atividade, que contou com apoio da Emater/RS, foi realizada no Assentamento Novo Alegrete, reunindo mulheres dos municípios de Manoel Viana e Alegrete (RS) - incluindo  o Assentamento Novo Alegrete, o Assentamento Santa Maria de Ibicuí  e  a Associação de Artesãos de Manoel Viana (Assamavi) -.

Os ministrantes, Vitor Ecker e Rodrigo Smidth, artesãos do "Atelier Verde e Arte" de Porto Alegre (RS), ensinaram técnicas de trabalho em madeira e orientaram a criação de peças artesanais com a identidade da região. O objetivo da atividade é fomentar alternativas de geração de renda sustentáveis, contribuindo para o resgate da cultura local e para a conservação da biodiversidade do bioma Pampa.