FUNDAÇÃO LUTERANA DE DIACONIA

Apoio psicossocial de base comunitária (Aliança ACT)

Apoio psicossocial de base comunitária (Aliança ACT)

Membros da Aliança ACT e o secretariado de ACT (daqui por diante referido como ‘ACT’) têm um compromisso em comum de proteger, sem discriminação, os direitos e a dignidade das pessoas com as quais trabalhamos durante nossas respostas a emergências e acontecimentos angustiantes ou situações estressantes de longa duração. ACT reconhece sua responsabilidade em proteger populações afetadas e também reconhecer e fortalecer capacidades locais. Uma prioridade fundamental em emergências é proteger e aprimorar a saúde mental e o bem estar psicossocial da população e reconhecer suas capacidades de recuperação e resiliência. Em 2010, ACT fundou um Grupo de Trabalho de Apoio Psicossocial (GTAP) para promover e apoiar a necessidade de considerações sociais e psicológicas em todos os seus setores de trabalho. 

O GTAP desenvolveu princípios orientadores para auxiliar a equipe de ACT, consultores/as e voluntários/as a proporcionar apoio psicossocial de base comunitária em países em todo o mundo. O Apoio psicossocial de base comunitária acrescenta uma dimensão mental e social para a tradicional ajuda humanitária e tem assumido uma significância considerável, como um foco dos esforços de auxílio. Constatou-se que quando o bem-estar psicossocial das pessoas afetadas é abordado, elas tendem a se beneficiar mais com os outros componentes dos esforços de recuperação. 

Estes princípios orientadores são destinados a servir como referência para iniciativas de apoio psicossocial pelos membros da Aliança ACT. Estes princípios orientadores mantêm o padrão de qualidade do trabalho psicossocial e representam as melhores práticas nesta área. Eles são baseados nos princípios do respeito pelo ser humano e seus direitos humanos, igualdade de gênero, compreensão e aperfeiçoamento.

Clique abaixo para fazer o download desta publicação:

   Apoio psicossocial de base comunitária (Aliança ACT)