FUNDAÇÃO LUTERANA DE DIACONIA

Notícias

​Concluída última etapa do Curso de Permacultura, Design e Assessoria no Pampa

17-12-2015

Curso Bioma Pampa Dezembro

 

Entre os dias 9 e 11 de dezembro, ocorreu em Lavras do Sul (RS) o quinto e último módulo do Curso de Permacultura, Design e Consultoria no Pampa (PDC). Iniciado em junho deste ano, o curso desenvolvido em parceria com o Instituto de Permacultura e Ecovilas da Pampa (IPEP) abordou temas específicos vinculados à permacultura em cada um dos seus módulos, trazendo elementos para auxiliar no planejamento sustentável das propriedades rurais familiares na região.

De acordo com João Rockett, permacultor do IPEP que conduziu a formação, a permacultura “é um sistema de desenho aplicado, interdisciplinar, para criar comunidades humanas sustentáveis, paisagens cultivadas e outros sistemas de apoio, com uma visão generalista e integrada. Sua metodologia é baseada em princípios ecológicos, para produzir um sistema integrado de plantas, animais, água, edificações e energia natural. Envolve o planejamento, a implantação e a manutenção conscientes de ecossistemas produtivos, para que tenham a diversidade, estabilidade e resistência dos ecossistemas naturais.” O curso foi desenvolvido de forma itinerante na região do Pampa, em comunidades e assentamentos localizados nos municípios de São Francisco de Assis, Manoel Viana e Lavras do Sul, contando com a participação de agricultoras, agricultores e pecuaristas familiares, quilombolas, estudantes e docentes de Uruguaiana, Alegrete, Rosário do Sul, Manoel Viana, São Francisco de Assis e Lavras do Sul. Abordou diferentes temáticas, incluindo módulos sobre introdução à permacultura, manejo de solo e produção ecológica de alimentos, manejo de água, energias renováveis e bioarquitetura. 

Em cada encontro, foram criadas unidades demonstrativas, como o plantio integrado de espécies para adubação verde do solo, implantação de parcelas rotativas para o manejo de bovinos, ovinos e suínos, construção de cisterna para coleta e armazenamento da água da chuva e de biodigestor, para geração de gás a partir de resíduos orgânicos.

No último módulo, conduzido na comunidade quilombola Corredor dos Munhós, em Lavras do Sul, as e os participantes entraram em contato com elementos da bioconstrução. Ao longo dos três dias de atividades, conheceram a técnica do pau-a-pique, trabalhada juntamente com os integrantes da comunidade quilombola que detêm o saber tradicional sobre esse tipo de construção com o uso do barro. A casa de uma das famílias da comunidade foi ampliada, e o grupo auxiliou na elaboração das paredes, aprendendo e aplicando a técnica. Também foi demonstrada a construção do telhado com cobertura de palha, que oferece maior conforto térmico à residência.

Conforme a avaliação das pessoas participantes, o curso proporcionou momentos importantes de aprendizados, trocas, aperfeiçoamentos e consolidação de redes entre os grupos e comunidades da região, além de estimular para a aplicação de técnicas que consideram o manejo da propriedade rural de forma mais integrada com cada ambiente local.

O curso integra as ações vinculadas ao Projeto Pampa e, ao longo de sua execução, envolveu mais de 70 participantes, contribuindo para a formação de multiplicadoras e multiplicadores para a atuação em Permacultura nas regiões de abrangência do bioma.