FUNDAÇÃO LUTERANA DE DIACONIA

Notícias

Organização norueguesa trabalha educação e solidariedade de forma inovadora

O professor Ivar Munthe, da Human Education International (Hei), da Noruega, apresentou nos dois dias do Seminário de Educação para a Solidariedade, 30 e 31, a experiência da organização, que trabalha de forma inovadora os temas educação-mobilização-solidariedade, relacionados ao apoio a projetos sociais. Criada em 1973, pela Sociedade Missionária Norueguesa, a Hei nasceu a partir do interesse de três diretores de escolas em envolver e despertar em seus/suas alunos/as o olhar para outras pessoas. A primeira ação possibilitou a recuperação de escolas na África, atingidas por um desastre natural.

“Atualmente, a Hei é uma entidade autônoma e mantém parceria com 100 escolas norueguesas”, contou Munthe. São cerca de 20 mil alunos, de 6 a 13 anos, que estão envolvidos de alguma forma em campanhas educativas e de arrecadação de recursos para projetos no exterior.

Os dois objetivos principais de Hei são: 1. Contribuir para uma educação de qualidade para crianças em situação de pobreza em países subdesenvolvidos; 2. Informar alunos e alunas na Noruega sobre os desafios enfrentados pelas crianças empobrecidas, contextualizando a situação em termos de história, cultura e geografia locais, entre outros temas. A proposta é informar para que eles e elas sintam-se mobilizados e ajam.

Conhecimento – ação – desenvolvimento 

“Acreditamos que conhecimento leva à ação e que ação leva ao desenvolvimento, tanto para os alunos e alunas noruegueses/as, quanto para as escolas apoiadas – atualmente no Peru, na Zâmbia e no Laos”, disse o professor.

O conhecimento envolve temas tratados usualmente nas escolas (como já foi dito, história, cultura e geografia), além de relatar as dificuldades que as crianças enfrentam nos seus respectivos países –, como educação e saúde precárias, baixo desenvolvimento etc. Ainda, são repassadas informações sobre o porquê alguns países são pobres, enquanto outros são ricos.

Os resultados têm sido gratificantes. “Muitas pessoas pergunta a razão de fazermos esse trabalho”, avaliou Munthe. “A resposta é que podemos. Somos educadores – podemos e devemos fazer”.

Conheça mais sobre a Hei em heiverden.no. O site está em norueguês, mas é possível conhecer os materiais pedagógicos desenvolvidos pela organização, que são repassados para as escolas parceiras.

O Seminário Educação para a Solidariedade foi promovido pela FLD e pela Rede Sinodal de Educação, em São Leopoldo (RS), buscando trabalhar o compromisso com a construção de uma sociedade que valoriza a paz com justiça social e que valoriza a sensibilidade solidária como princípio ético na vida de cada um e de cada uma. Reuniu professores e professoras da Rede Sinodal de Educação, além de integrantes de organizações como o Conselho de Missão entre Indígenas (Comin) e a Obra Gustavo Adolfo (OGA).

Foto: Professor Ivar Munthe contando para crianças norueguesas sobre as crianças do Peru, Zâmbia e Laos.