FUNDAÇÃO LUTERANA DE DIACONIA

Notícias

Organizações de sete países participam de encontro sobre fundos de apoio a projetos

Nos dias 11 a 13 de setembro foi realizado em La Paz, na Bolívia, o 6º sexto Encontro de Fundos e Programas de Pequenos Projetos da América do Sul, organizado pela Oficina Conjunta de Projetos (OCP), vinculada à Igreja Evangélica do Rio da Prata (IERP), em parceria com a Unión Nacional de Instituciones para el Trabajo de Accion Social (Unitas).

Participaram do encontro – que teve apoio de Pão para o Mundo (PPM) –, as seguintes organizações: a OCP e o Centro Regional Ecuménico de Asesoria y Servicio (Creas), da Argentina; Unitas, da Bolívia; a Corporación de Servicio a Proyectos de Desarrollo (Podion), da Colômbia; Aportes para el Desarrollo Humano (Aportes), do Perú; Corporación Fondo Agil (CEP), do Equador; Alianza para el Desarrolllo de Pequenos Proyectos (ADPP), do Paraguai; e do Brasil, a Fundação Luterana de Diaconia (FLD, representada pela assessora de projetos Juliana Mazurana), a Coordenadoria Ecumênica de Serviço (CESE), a Federação dos Órgãos para Assistência Social e Educacional (Fase) e o Fundo Brasil de Direitos Humanos.

O objetivo foi avançar na consolidação de uma plataforma de organizações que atuam com Fundos e Programas de Pequenos Projetos a partir de princípios comuns, visando o fortalecimento e a ampliação de sua atuação, especialmente através de intercâmbios.

Além das discussões, as e os participantes visitaram duas iniciativas. Na cidade de El Alto, conheceram o Movimento Educativo Jovens pela Leitura, do Movimiento Jóvenes por el Cambio (MJC) e do Centro de Acciones por el Desarrollo, la Educación y la Cultura (Cadec), com apoio do fundo da Unitas. Por meio de oficinas de leitura crítica de textos que tratam da temática da violência e de relações de gênero, crianças e jovens de diversas escolas de El Alto refletem sobre suas próprias experiências de vida. Ao final do processo pedagógico – e também terapêutico –, elaboram pequenos livros que expressam experiências vividas e suas visões de mundo. "Es lindo saber ler, sacar una reflexión e tratar de asesorar. Yo digo lo que no hacer y la gente comienza a pensar”, disse a estudante Rocío Rosario Paye Alerce. "Estamos muy contentos de hacer este trabajo y prevenir a otros de cometer los mismos errores."

Também os docentes relataram a importância do trabalho, pois através dos textos conseguem conhecer mais os estudantes, o que pensam e o que eles enfrentam em suas vidas. O projeto foi sistematizado através da publicação El Ciclo Pedagógico de la Buena Lectura: promoviendo la lectura, la democracia y la equidad de género.

Em La Paz, a visita foi à sede do Centro de Serviços para la Familia y el Desarrollo (Cesefade), que congrega vários grupos da Economia Solidária, a exemplo do grupo de Mujeres Hiladoras de Saya Challapampa. Além do artesanato em lã de ovelha e alpaca com base em técnicas ancestrais, o grupo cultiva hortaliças em estufas, contribuindo com a qualidade alimentar da família, além de gerar renda. "A nós nos gusta trabajar, queremos siempre avanzar" são as palavras de Modesta Chambilla Mayta, presidenta deste grupo que vive em uma comunidade na cidade de Copacabana, no entorno do lago Titicaca.

Na sede do Cesefade também foi possível conhecer o trabalho do grupo Manos Jovenes, formado por jovens da cidade de El Alto, e do grupo de mulheres Aini Art, de La Paz, com trabalhos artesanais em madeira e couro. Ao final da visita, foram apreciados os produtos confeccionados por estes grupos que foram também apoiados pelo fundo de pequenos projetos da Unitas.


FLD sediará o encontro no próximo ano

No próximo ano, em setembro, a FLD estará organizando o 7º Encontro de Fundos e Programas de Pequenos Projetos. Seu enfoque será o intercâmbio de processos de Planejamento, Monitoramento e Avaliação (PMA) entre as organizações da América do Sul.