FUNDAÇÃO LUTERANA DE DIACONIA

Notícias

Publicação registra vivência de jovens no projeto Criatitude - rumo à Rio+20

"As experiências vividas foram muito além do mundo das ideias e discussões. Pudemos interagir, vivenciar, conviver, perceber a outra e o outro e estimular a alteridade. Tivemos uma pequena amostra do mundo, que se tornou imenso diante dos nossos olhos". As palavras da ex-presidenta do Conselho Nacional de Juventude da IECLB (Conaje), Katilene Willms Labes, referem-se à participação de um grupo de jovens luteranas e luteranos na Cúpula dos Povos, em 2012, através do projeto Criatitude - rumo à Rio+20. A cúpula aconteceu de forma paralela à Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável - Rio+20, reunindo chefes de Estados-membros, representantes da sociedade civil e de organizações internacionais.

O depoimento integra a cartilha virtual Criatitude - rumo à Rio+20, organizada pela Fundação Luterana de Diaconia, que sistematiza o processo que vai da construção até a realização do projeto, reunindo textos elaborados por integrantes da equipe organizadora e da IECLB, representantes de organizações, de entidades parceiras e de grupos ecumênicos.

Na cartilha virtual, os registros detalham o processo de construção e execução do Criatitude - rumo à Rio+20, trazendo a riqueza da vivência das jovens luteranas e dos jovens luteranos no evento de repercussão internacional. Enquanto a conferência oficial da ONU acontecia a portas fechadas, na Barra da Tijuca, a Cúpula dos Povos reunia milhares de pessoas no Aterro do Flamengo, em palestras, demonstrações públicas, debates e exposições. Seu objetivo foi contrapor falsas propostas de superação da crise ambiental (como a “economia verde”), identificando iniciativas sustentáveis, muitas com base em conhecimentos dos povos tradicionais.

A juventude da IECLB promoveu oficinas, um culto ecumênico e participou de inúmeras atividades, com destaque para a Marcha dos Povos - em defesa dos bens comuns e contra a mercantilização da vida -. Realizada no dia 20 de junho, encerramento do encontro, uma caminhada reuniu 80 mil pessoas, ocupando toda a Avenida Rio Branco, desde a Candelária até a Cinelândia.

"Nós, jovens do Criatitude - rumo à Rio+20, estávamos lá. Talvez no início não tenha ficado claro para todas e todos a proporção que tal movimento teria. Nos preparamos com faixas, camisetas e rostos pintados. Nos juntamos aos jovens da Caravana Ecumênica, da Rede Ecumênica da Juventude. Mas não éramos meros jovens vestindo camisetas, com rostos pintados, preocupadas e preocupados com a Criação. Éramos tudo isso, mas representando a nossa IECLB, no meio de 80 mil pessoas", revela outro depoimento.

A cartilha está disponível aqui para download.