FUNDAÇÃO LUTERANA DE DIACONIA

Notícias

Rede de Comércio Justo é apresentada para ministras e ministros da IECLB

A Rede de Comércio Justo foi divulgada na Convenção de Ministras e Ministros 2013, da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB), realizada em Curitiba (PR), de 15 a 17 de outubro.

Levada pela FLD, os produtos dos empreendimentos solidários que integram a iniciativa foram expostos e comercializados durante o evento. Além da venda, a equipe da FLD falou sobre a proposta, que busca sensibilizar para outra forma de comércio do que o oferecido pelo mercado convencional. “Muitas pessoas se interessaram pela proposta”, confirmou a assistente de projetos, Marluí Tellier, que acompanha a Rede de Comércio Justo. “Avaliamos nossa participação como muito positiva”.

A FLD também foi responsável pela oficina Política de Gênero, Equidade na Igreja, ministrada pela secretária executiva, Cibele Kuss, e a coordenadora programática, Marilu Menezes. “Como Igreja de Jesus Cristo, anunciamos que, a partir da fé nele, não há mais acepção de pessoas por raça, cor, classe e gênero (Gl 3.28)”, afirmaram Cibele e Marilu. “E como testemunhas do Cristo que anunciamos, nosso falar e nosso agir precisam refletir esse Evangelho libertador e inclusivo.”

A realidade, porém, não é essa. As mulheres, por exemplo, não têm as mesmas oportunidades e não gozam dos mesmos direitos que os homens. Uma Igreja que tem como alvo o Reino de Deus busca viver e praticar a equidade de gênero nas suas relações pessoais e na sua forma de se organizar. Para que isso aconteça, uma política de gênero pode ser um bom instrumento.

A convenção reuniu aproximadamente 500 ministras e ministros ordenadas/os aos quatro ministérios na IECLB: catequético, diaconal, missionário e pastoral.