FUNDAÇÃO LUTERANA DE DIACONIA

Notícias

Rede de Comércio Justo e Solidário ganha site e materiais de comunicação

A FLD estará lançando, no dia 2 de maio, quinta-feira, na sua sede em Porto Alegre (RS), as ferramentas de comunicação da Rede de Comércio Justo e Solidário: entrelaçando comunidades, que conta com o apoio da Igreja Evangélica Luterana na América (ELCA) e do Sínodo Nordeste Gaúcho, da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB). A marca, vídeo, folder e as chamadas foram desenvolvidas pela Mythos Comunicação, de Blumenau (SC) e o site, pela Mythos junto com a SensoDesign, de Santa Maria (RS).

Os materiais divulgam a proposta da rede, que promove, especialmente para o público luterano, produtos e serviços de empreendimentos da Economia Popular Solidária como uma alternativa ao mercado usual. “Atitudes têm este ou aquele resultado”, lembrou o secretário executivo da FLD, Carlos Gilberto Bock. “O poder da escolha é nosso e podemos provocar transformações no mundo, em favor de mais justiça social, ambiental e econômica.”

Desde o seu lançamento no Dia da Igreja do Sínodo Nordeste Gaúcho, em 3 de junho de 2012,  na cidade de Igrejinha (RS), a Rede de Comércio Justo já contabiliza muitos resultados, entre os quais a contratação de docinhos e salgados para eventos sinodais e de comunidades, preparados por grupos de mulheres, participação em feiras e em datas comemorativas de sínodos e palestras sobre Economia Solidária para alunos e alunas de escolas da Rede Sinodal de Educação, entre outros.

Além disso, os grupos ligados à rede estão participando de momentos de capacitação e de troca de informações, como a Oficina de Frutas Nativas, realizada em Passo Fundo (RS), no mês de março. A formação foi uma iniciativa da FLD e do Centro de Tecnologias Alternativas e Populares (CETAP), e contou com a participação de 15 pessoas de nove empreendimentos da economia popular solidária, das cidades de Viamão, Porto Alegre, Canoas, São Leopoldo, Garibaldi e Giruá.

Ainda, referente à proposta, uma iniciativa de um grupo de jovens luteranos/as, o AGIR, da Paróquia Matriz, da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB), em Porto Alegre (RS), tem se destacado. O grupo está promovendo, mensalmente, uma feira agroecológica com produtos da marca Ecovale, trazidos pelo Centro de Apoio ao Pequeno Agricultor (CAPA). Os e as jovens comercializam os produtos e também conversam com os membros da comunidade, incentivando a reflexão sobre hábitos alimentares e de consumo e a importância de se apoiar a agricultura familiar.