DOAR AGORA

Home

Em razão da pandemia do COVID-19, a Fundação Luterana de Diaconia decidiu*, entre outras medidas, instalar trabalho remoto para as equipes, seguindo as orientações de recolhimento em casa e isolamento físico.

Para nos contatar, utilize o número +55 51 99321-4853 (Ligação/WhatsApp) ou o email fld@fld.com.br.

Fundação Luterana de Diaconia completa 21 anos de atuação sustentada na diaconia transformadora

No último dia 17 de julho, a Fundação Luterana de Diaconia completou 21 anos. Em 2000, o Conselho da Igreja da IECLB decidiu dar continuidade ao seu compromisso de apoiar iniciativas e projetos de instituições diaconais, comunidades, organizações e movimentos sociais no Brasil, com a constituição da FLD. Desde lá, o apoio é sustentado na diaconia transformadora de Jesus.

Ação Por Memória e Justiça: manifestantes acendem velas pelas 500 mil vítimas de COVID-19

Ato 500 velas por 500 mil mortes é promovido pelo movimento Respira Brasil e organizado por FLD-COMIN-CAPA; em Porto Alegre (RS), a ação acontece nesta terça-feira (22).

FLD marca o início dos 15 anos da “Nem tão doce lar” com o Webnário Superação da Violência Doméstica e Familiar

Para marcar os 15 anos da “Nem tão doce lar” a Fundação Luterana de Diaconia (FLD) promoverá uma série de…

Programa de Pequenos Projetos aprova 30 projetos no Edital Fortalecimento e Soberania de Territórios

Nos dias 12 e 13 de maio, esteve reunida a Comissão de Avaliação de Projetos para a seleção do Edital FLD I/2021 – Fortalecimento e soberania de territórios frente à pandemia de Covid-19.

Rede de Diaconia promove live para marcar o combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

Marcando o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes o objetivo é promover a conscientização e a reflexão sobre uma das formas mais cruéis de violação de direitos que esse público está exposto.

Nota Conjunta: A pena de morte vigora no Brasil, sem julgamento e sem vergonha!

No dia 6 de maio de 2021, a partir das 6h45, em ação ilegal e com fortes sinais de extermínio, as Polícias Civil e Militar do Rio de Janeiro invadiram a Comunidade do Jacarezinho.

Não era assim... aqui no Pampa

Mulher Catadora é Mulher que Luta