DOAR AGORA

Encontros divulgam iniciativa e criam parcerias para sua realização

Encontros divulgam iniciativa e criam parcerias para sua realização
23 de dezembro de 2015 zweiarts

Junto das atividades de formação e de organização, estão sendo realizadas outras inúmeras ações no contexto do projeto Mulher Catadora é Mulher que Luta, buscando a criação e o fortalecimento de parcerias para sua realização.

Uruguaiana 

Em Uruguaiana, foram cinco participações em espaços variados. No dia 6 de outubro, houve um encontro com a vice-prefeita, Neraí Santos Kaufmann, e com a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Cláudia Pires. Na oportunidade, a assessora de projetos da FLD, Patrícia Rodrigues, manifestou a importância de se criar uma parceria com a rede de atendimento municipal, uma vez que um dos temas a ser trabalhado no Mulher Catadora é Mulher que Luta é o enfrentamento da violência doméstica. As atividades prosseguiram à tarde, com representantes da Rede de Atendimento Socioassistencial.

No dia 4 de novembro, pela manhã, parte da equipe do projeto participou da Reunião Extraordinária do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente. Ali, foi apresentado o projeto Mulher Catadora é Mulher que Luta e as ações previstas. No mesmo horário, outra parte da equipe esteve na Reunião da Comissão Municipal do Trabalho Infantil, com o secretário Municipal de Ação Social e Habitação (SMASH), Rogério de Moraes, e representantes da Rede de Atendimento Socioassistencial do município, como o Cras, Creas, Comdicau, Conselho Tutelar, Bolsa Família e Promotoria da Justiça. À tarde, a equipe participou de mais uma atividade, quando foram apresentados em detalhe os serviços ofertados pela SMASH, como os Cras, Creas, Família Acolhedora, Restaurante Popular, Sociedade Ativa, Projeto Sopa, entre outros. Um espaço foi proporcionado para se falar sobre o Projeto Mulher Catadora é Mulher que Luta, o trabalho da FLD e da União Europeia, que apoia a iniciativa.

A coordenadora da Associação de Catadoras e Catadores Amigos da Natureza (Aclan), de Uruguaiana, Maria Tugira da Silva, esteve presente na maior parte dos momentos.

Gravataí

No dia 29 de outubro, integrantes da equipe do projeto conversaram com o secretário adjunto da Secretaria da Saúde do município de Gravataí, Laone Pinedo, que se colocou à disposição para apoiar as iniciativas e colocou à disposição as equipes da Estratégia de Saúde da Família (ESF) para a realização de palestras e exposições e outros serviços especializados, como saúde da Mulher, saúde do homem, vigilância sanitária e caps’s.

A Casa Lilás, ligada à Secretaria Municipal de Governança Comunitária, responsável pelos atendimentos às mulheres do município vítimas de violência, também foi visitada. A proposta feita à coordenadora da casa, Márcia Carvalho, é que a FLD possa contar com a parceria, na orientação, diagnóstico e atendimento de possíveis casos de violência entre o público atendido pelo projeto.

Porto Alegre

No dia 15 de outubro, foi feito contato com o Centro Social Marista de Porto Alegre (Cesmar), com o objetivo de aproximar a Cooperativa Rubem Berta e o grupo de mulheres e estabelecer uma parceria com a instituição. O Cesmar possui três linhas de atendimento, oficinas profissionalizantes e jovem aprendiz, atividades de contraturno e ensino médio.

Da conversa surgiu a possibilidade de receber crianças e adolescentes, para atividades culturais e esportivas, e mulheres, para as oficinas, conforme a disponibilidade de vagas.

Cadastre-se para receber nossa newsletter

Personel Maaşları