DOAR AGORA

“Ter participado da construção da cooperativa me enche de orgulho”

“Ter participado da construção da cooperativa me enche de orgulho”
23 de março de 2018 zweiarts

Quando o marido acidentou-se no trabalho, Mariza Francisco, 55, que mora em Sapucaia do Sul (RS), passou a recolher materiais recicláveis para o sustento da família. Além de recolher materiais nas ruas, ela buscava – especialmente papel e plástico – em condomínios. Saía de manhã cedo, deixava as crianças maiores na escola, fazia a coleta, buscava as crianças na escola e muitas vezes ainda saía à noite. Naquela época, ela separava o material em casa e vendia para um “atravessador”. A família recebia R$ 240,00 por mês.

Atualmente, Mariza continua na área da coleta seletiva, e está na coordenação da Cooperativa Popular de Reciclagem de Sapucaia do Sul (Cooprevive). Até a criação da Cooprevive, foi um longo caminho. Quando olha para trás, vê o quanto as coisas mudaram. “O trabalho não diminuiu, os desafios não desapareceram, mas saber que participei do processo de construção da cooperativa, e que continuamos na luta mesmo quando tudo parecia voltar para trás, me dá orgulho. A cooperativa mudou muita coisa, mudou a realidade de muitas pessoas. A cooperativa é a minha vida”.

Cadastre-se para receber nossa newsletter

Personel Maaşları