DOAR AGORA

Encontro avalia possibilidades de unir iniciativas no trabalho pela conservação do Pampa

Encontro avalia possibilidades de unir iniciativas no trabalho pela conservação do Pampa
24 de janeiro de 2014 zweiarts

Pesquisadoras/es e representantes de órgãos governamentais e da sociedade civil, envolvidas/os com a conservação e uso sustentável do bioma Pampa, estiveram reunidas/os na Fundação Luterana de Diaconia (FLD), para diálogo sobre questões estratégicas relacionadas ao bioma gaúcho.

O encontro, realizado no dia 16 de janeiro, teve início com a apresentação de alguns resultados do diagnóstico feito a partir do Projeto Pampa da FLD – “Minimização de impactos socioambientais através de estratégias urbanas e rurais no estado do Rio Grande do Sul” – que está sendo executado desde 2013 na fronteira oeste do RS, com apoio da agência Pão para o Mundo.

As/os presentes comentaram o diagnóstico, contribuindo com informações e sugestões que foram anotadas pela FLD. Ainda, trocaram ideias sobre a possibilidade de parcerias, uma vez que existem diversas atividades na região com pontos comuns. A ideia é que estas iniciativas poderiam estar “conversando”, de maneira a alavancar os resultados. Uma questão já identificada refere-se à formação na área socioambiental, prevista tanto no RS Biodiversidade quanto no Projeto Pampa.

Um item do projeto da FLD que causou bastante interesse é que o trabalho se dará tanto com a população rural quanto com a urbana – neste caso, especialmente com catadoras/es de materiais recicláveis – vinculados ou não ao Movimento Nacional de Catadoras e Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR), parceiro estratégico da FLD.

A proposta final é que novos encontros sejam realizados, dando continuidade às discussões iniciadas nesta data.

Participaram do encontro: Alexandre Krob, Instituto Curicaca; Denis Patrocínio e Luiz Henrique Nascimento, projeto RS Biodiversidade/Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema); Dirce Suertegaray e Roberto Verdum, Instituto de Geociências/Departamento de Geografia (UFRGS); Teresinha Guerra, Valério De Patta Pillar e Heinrich Hasenack, Instituto de Biociências/Departamento de Ecologia (UFRGS); Eridiane Lopes da Silva, Área de Proteção Ambiental Ibirapuitã/Santana do Livramento (APA); Ilsi Boldrini e Paulo Brack, Instituto de Biociências/Departamento de Botânica (UFRGS) e Associação Sócio-ambientalista (Igré); Marcelo Madeira, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama); e Silvia Pagel, da Fundação Estadual de Proteção Ambiental RS (Fepam). Pela FLD, estiveram Marilu Nörnberg Menezes, coordenadora programática, Juliana Mazurana, assessora de projetos da área de Justiça Socioambiental, e Ângela Costa e Mariana Helena Matchin, assessoras técnicas no Projeto Pampa.

Cadastre-se para receber nossa newsletter

Personel Maaşları