DOAR AGORA

Participação em espaços públicos promove aprendizados

Participação em espaços públicos promove aprendizados
23 de dezembro de 2015 zweiarts

Possibilitar e incentivar a participação em espaços públicos são alguns dos objetivos do projeto Mulher Catadora é Mulher que Luta, executado pela Fundação Luterana de Diaconia (FLD), em parceria com o Movimento Nacional de Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR) e financiado pela União Europeia (UE).

Das 390 mulheres presentes na 1ª Conferência dos Direitos da Mulher, realizada em Uruguaiana (RS), no dia 16 de setembro, nove eram catadoras da Associação de Catadoras e Catadores Amigos da Natureza (Aclan), parceira da FLD no projeto. Organizada pelo Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e pelo Gabinete da vice-prefeita, o encontro oportunizou a discussão referente às temáticas que envolvem as mulheres na busca por direitos, o reconhecimento igualitário e, principalmente, o enfrentamento a violência doméstica.

NO dia 17 de novembro, mulheres catadoras da Associação dos Classificadores de Resíduos Sólidos Recicláveis (Acrer), em Cachoerinha (RS), participaram de audiência pública – o que possibilitou importante aprendizagem – para solicitar a reintegração de posse do galpão onde trabalhavam. A saída foi determinada pela Prefeitura Municipal, com a argumentação de que o espaço será destinado para catadoras e catadores individuais. Também existe a possibilidade de a prefeitura adotar a prática da incineração de materiais recicláveis, ao invés de optar pela Coleta Seletiva Solidária, com inclusão de catadoras e catadores.

No dia 26 de novembro as catadoras Claudia Santos e Maria Helena Borba, da Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis de Rio Pardo (Coocamarp), estiveram no IV Seminário do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher com a temática das Políticas Públicas: Direitos Humanos e Direitos das Mulheres, junto com as assessoras de projetos da FLD, Patrícia Rodrigues e Graciela Cornaglia.

Na pauta, a Campanha 16 Dias de Ativismo pelo fim da violência contra a Mulher e o Painel Políticas Públicas, Direitos Humanos e Direitos das Mulheres, apresentado pelo professor Dr. João P. Schmidt (UNISC), o delegado Anderson Farturi (Polícia Civil) e as promotoras legais populares Maria Guaneci Marques de Ávila e Maria Inês Barcelos (Themis, Porto Alegre).

Cadastre-se para receber nossa newsletter

Personel Maaşları