DOAR AGORA

FLD participa da reunião anual do Conselho Nacional de Diaconia da IECLB

FLD participa da reunião anual do Conselho Nacional de Diaconia da IECLB
18 de abril de 2016 zweiarts

Nos dias 15 e 16 de abril, o Conselho Nacional de Diaconia (CONAD), da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB), reuniu-se em São Leopoldo (RS) para mais um encontro anual. Estiveram representados 14 sínodos da IECLB, entre os quais os quatro que têm trabalhos organizados com a pessoa idosa – Uruguai, Norte Catarinense, Vale do Itajaí e Sul-Rio-Grandense. O principal tema que orientou o encontro foi Expectativas, preocupações e necessidades das pessoas idosas.

Ainda, participaram representantes da Comunhão Diaconal (COD), da Casa Matriz de Diaconisas (CMD), a coordenação de Gênero, Geração e Etnias, pastora Carmem Siegle o secretário da Ação Comunitária, pastor Mauro Souza, e a coordenadora de Diaconia e Inclusão, diácona Carla Jandrey. A secretária executiva da FLD, Cibele Kuss, também esteve presente no encontro.

A programação teve início com a saudação da coordenadora do CONAD, Cleci Teresinha Koch. A seguir, houve um momento de celebração, realizada pela coordenadora de Gênero, Gerações e Etnias, Carmem Siegle. Em sua reflexão, tomou como exemplo a palavra vinco, que significa em termos gerais uma marca. Lembrou que a palavra vínculo tem em sua raiz este termo. A partir deste exemplo destacou que Jesus estabeleceu vínculos durante o seu ministério, principalmente ao redor da mesa. Destacou que onde a comunhão prevalece, o Jesus ressuscitado se faz presente. Rogando as bênçãos de Deus desejou que nesse dia e a cada dia de nossa vida tenhamos serenidade, discernimento, disposição e amor necessários para que nossos momentos em torno da mesa, momentos de refeição ou de trabalho, sejam de fato oportunidades para vincar, marcar nossas relações, nosso planejamento, nossas decisões e encaminhamentos de modo a experimentarmos e também promovermos vidas em comunhão.

No primeiro dia, o CONAD ocupou-se com o tema “Expectativas, Preocupações e Necessidades das Pessoas Idosas”. Na parte da manhã, a psicóloga Simone Bracht Burmeister (autora do livro “Família e pessoa idosa; reflexão e orientação”, da Editora Sinodal) convidou o grupo a refletir sobre o tema. Iniciou a sua fala lembrando partes da palestra do último CONAD. A partir desse conhecimento já presente, abordou o conceito da pessoa idosa, ajudou-nos a entender quem são as pessoas idosas hoje, fez um levantamento das características do envelhecimento e seus aspectos sociais. A partir da sua fala realizamos trabalhos em grupos com a tarefa de ver quais são as expectativas, preocupações e necessidades da pessoa idosa.

À tarde, tivemos a oportunidade de ouvir o secretário da Ação Comunitária, Mauro Souza. A sua palavra lembrou a Missão e a Visão da IECLB e o papel, importante e essencial, da diaconia nos trabalhos da Igreja. Trouxe também os dados estatísticos da IECLB, dando ênfase no número de pessoas idosas. Na IECLB 16% dos seus membros são pessoas idosas, sendo que na população brasileira segundo o IBGE a população idosa é de 12%.

A seguir, o conselho apreciou os relatórios dos quatro sínodos que possuem trabalho organizado com pessoas idosas. Através dos relatos pudemos perceber a grande riqueza que já existe nesta área em nossa IECLB.

Tendo como base a palestra, o relato de representantes do trabalho sinodal com pessoas idosas e o contexto de cada sínodo foram formados quatro grupos que conversaram sobre:

(1) Como você percebe a presença e o papel da Igreja no contexto da pessoa idosa? (2) A partir de suas experiências, o que falta ou pode ser feito de forma diferente para que a Igreja venha ao encontro das necessidades dos desejos e das experiências das pessoas idosas? (3) Qual é o nosso plano de ação para por em prática as questões levantadas?

E assim chegou a noite… Logo após a janta, foi apresentado o Projeto “Juventude e Diaconia: livres para transformar o mundo – Pessoas não estão à venda” e os editais de 2016, que visam auxiliar na reforma ou construções de espaços comunitários, Ação Missionária, Fortalecimento da Ação Comunitária e Desenvolvimento da capacidade humana e institucional – Projetos de Estudo. Cada um destes editais apresenta a possibilidade de trabalhos ou estudo na área de diaconia.

O dia terminou com um momento de meditação e oração da noite dirigida pelo pastor Francisco Rafael Soares dos Santos. A partir do relato bíblico em que Jesus acalma a tempestade fomos desafiados e desafiadas a aquietar e lembrar de que neste dia vivenciamos diversos sentimentos e aprendemos coisas novas. Diante do altar de Deus colocamos nossas inquietações, alegrias, pedidos, intercessões…

Como palavra de bênção, a conselheira Rosana Rangel Machado Markus compartilhou um poema escrito por ela em 2012, intitulado Marcas.

O segundo dia de trabalho iniciou com uma meditação dirigida pelo pastor Teobaldo Witter e Beloni Knaak. A reflexão teve por base as parábolas de Jesus sobre semente e semeadura. O pastor Teobaldo destacou que quem quiser colher precisa semear. Quem quiser transformar precisa falar. Cada pessoa recebeu uma castanha, a partir da qual fomos lembrados e lembradas sobre a dificuldade em abri-la para comer e a dificuldade de a semeadura vingar. Mesmo assim, é preciso plantar para se ter o fruto. A semente de mostarda também foi lembrada; pequena, frágil, mas que plantada dá seu fruto e abriga pássaros. A partir desses exemplos lembramo-nos do compromisso de plantar para poder colher. É necessário falar e testemunhar, mas também é necessário escutar e meditar para permitir-se transformar.

Retomamos os trabalhos após a meditação. Foi tempo de receber o retorno do trabalho em grupos. Conversamos a partir das colocações de cada grupo e respondemos as perguntas: (1) Onde estamos? (2) Onde precisamos estar? (3) Como queremos estar? Dentre os pontos destacados, o conselho elencou três prioridades para o trabalho na área da pessoa idosa: acessibilidade, formação/capacitação e produção de subsídios.

• Acessibilidade: Implementar as decisões conciliares de 1990 e 2010 para que todas as pessoas sintam-se acolhidas e incluídas nas vivências comunitárias;

• Formação / capacitação sobre envelhecimento para ministros, ministras, lideranças, estudantes nos centros de formação teológica;

• Produção de Subsídios para refletir o tema sobre envelhecimento com os diferentes grupos comunitários; subsídios litúrgicos para a celebração do Dia Nacional da Pessoa Idosa (27/09).

Para dar encaminhamento a estas questões foi constituído um Grupo de Trabalho composto por Cleci Koch (Sínodo Uruguai), Claudemir Casarin (Sínodo Vale Itajaí), diácona Regina Krause (Sínodo Norte Catarinense), uma pessoa representante da AVIDI e Carla Jandrey (Coordenação de Diaconia e Inclusão). A primeira reunião do grupo será no dia 3 de junho de 2016, na Instituição Betesda em Piraberaba (SC).

Em continuidade à reunião, o grupo avaliou e aprovou as propostas de alteração no texto das diretrizes do CONAD, que serão encaminhadas para revisão jurídica e homologação do Conselho da Igreja.

Pastora Carmem trouxe informações sobre a campanha “Em Comunhão com as viDas das Mulheres”. Campanha que visa coletar histórias de mulheres que fizeram e fazem a história da Igreja. Também falou sobre o Encontro Nacional – Mulheres Luteranas celebrando os 500 anos da Reforma, que acontecerá nos dias 17 a 19 de março de 2017, em Foz de Iguaçu.

Com um momento de celebração dirigida pela diácona Cátia Berner, baseado no Salmo 23, encerrou-se mais uma reunião do Conselho Nacional de Diaconia. A mensagem de despedida e envio lembrou-nos da confiança em que Deus que nos guia com cuidado e segurança pelos caminhos da vida. Nas ternas pegadas (marcas) desse Pastor, encontramos força e ânimo. Fomos ungidas e ungidos com a cruz de Cristo, no desejo de que a bênção de Deus esteja conosco pela estrada da vida.

Fica o gostinho do reencontro no próximo ano (10 e 11 de março de 2017), na esperança de que até lá alguns sonhos e desejos, na reflexão e trabalho sobre envelhecimento, tenham tomado forma nos caminhos que trilhamos em nossa IECLB.

Pela Coordenação do CONAD, pastora Sonja Hendrich Jauregui

Fonte: Portal Luteranos

Cadastre-se para receber nossa newsletter

Personel Maaşları