DOAR AGORA

Nem tão Doce Lar no aniversário da Lei Maria da Penha

Nem tão Doce Lar no aniversário da Lei Maria da Penha
30 de agosto de 2019 Susanne Buchweitz

No mês em que a Lei 11.340/2006 – Lei Maria da Penha completou 13 anos de existência, a exposição itinerante Nem Tão Doce Lar esteve em dois municípios de Santa Catarina. A metodologia prevê a realização de oficinas de capacitação de acolhedoras e acolhedores, como também palestras e rodas de conversa para sensibilização para o tema da superação da violência domestica e familiar.

Entre os dias 12 a 18 de agosto de 2019 a exposição integrou as atividades da Semana Ecumênica da Família na cidade de Canoinhas (SC). A parceria entre a Comunidade Evangélica de Confissão Luterana em Canoinhas/Sínodo Norte Catarinense e a Fundação Luterana de Diaconia (FLD) contou com o apoio da Secretaria Geral da IECLB, através do Fundo de Trabalho com Vítimas de Violência Doméstica, constituído a partir do plano de ofertas nacional. A exposição foi montada no salão da Igreja Matriz Cristo Rei, da comunidade católica, mesmo local onde aconteceu a palestra.

No dia 12 de agosto, aconteceu a oficina de formação para servidoras e servidores da Secretaria Municipal de Assistência, Educação e Saúde, para lideranças comunitárias e agentes de pastoral. No dia 13, aconteceu houve uma palestra sobre o tema “a paz só é possível mediante a superação das violências”, ministrada pelo assessor de projetos da FLD, Rogério Oliveira de Aguiar.

“Família: lugar de aconchego, cuidado, respeito e compreensão, no entanto, nem sempre esta é a realidade e a constatação de todas as pessoas”, disse a pastora Maíse Katiane Dhein, da Comunidade Luterana do distrito de Marcílio Dias. Para ela, por meio da exposição Nem tão Doce Lar foi possível refletir, conversar e encaminhar situações de violência familiar que estão em meio ao contexto em que vivemos. “Foram dias de profunda reflexão, informação e esclarecimentos. Precisamos nos dar as mãos e buscar transformação e conscientização.”

 

Nem Tão Doce Lar em Salto Veloso

Nos dias 20 e 21 de agosto de 2019, a exposição Nem Tão Doce Lar integrou as atividades de sensibilização para prevenção à violência doméstica e familiar, encabeçada pela Secretaria Municipal de Saúde de Salto Veloso (SC), alusivas ao mês de aniversário de 13 anos da Lei Maria da Penha. Houve uma oficina de formação sobre a metodologia da Nem tão Doce Lar, com a participação de profissionais das áreas de Saúde, Educação e Assistência. A casa foi aberta ao público no dia 20 de agosto, no Centro de Eventos, recebendo visitas de grupos, estudantes de escolas do município e visitas individuais.