Conselho Deliberativo da FLD se reúne por videoconferência para sua XXI Assembleia Ordinaria

Notícias

Conselho Deliberativo da FLD se reúne por videoconferência para sua XXI Assembleia Ordinaria

A XXI Assembleia Ordinária do Conselho Deliberativo da Fundação Luterana de Diaconia (FLD)  aconteceu na manhã do dia 13 de maio, por meio de videoconferência, com o apoio logístico da Secretaria Geral da IECLB. Participaram as oito conselheiras e os nove conselheiros, representando os 17 sínodos da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB), bem como a membresia nata, formada por representação da Coordenação de Diaconia e Inclusão, Conselho da Igreja e da Secretaria Geral da IECLB.

Também participaram a diretoria e coordenação ampliada da FLD, coordenações de COMIN e CAPA, representantes dos conselhos de COMIN e CAPA, secretaria, assessoria jurídica e contábil. A assembleia foi presidida e coordenada por Alecio Patzlaff, presidente do Conselho, representando o Sínodo Nordeste Gaúcho. O conselho deliberativo analisou e aprovou os relatórios narrativo, financeiro e orçamento 2019 e o plano de ação e orçamento 2020.

A pastora Cibele Kuss, secretária Executiva de FLD-COMIN-CAPA, apresentou o Relatório Narrativo 2019, ressaltando os resultados alcançados nas áreas de incidência, com a participação da instituição no Conselho Nacional de Direitos Humanos (CNDH), e em ações internacionais junto à União Europeia. Na área programática, o destaque foi para os processos de Planejamento, Monitoramento e Avaliação (PMA) e para os resultados do Programa de Pequenos Projetos (PPP). As coordenações de CAPA e COMIN salientaram os alcances e desafios nos campos da defesa dos direitos indígenas e da promoção da agroecologia.

O pastor Marcos Bechert, secretário geral da IECLB, manifestou-se em apoio e reconhecimento ao trabalho diaconal apresentado:  “Os desafios gerados pelo contexto da pandemia impactaram o plano de ação 2020 e preocupam de sobremaneira a sustentabilidade diaconal e financeira da FLD-COMIN.CAPA. Algumas iniciativas, que já estão em curso, incluem apoios a projetos via editais e apoios pontuais, além da distribuição de cestas básicas à famílias em situação de vulnerabilidade social, como comunidades indígenas, kilombolas, assentamentos e acampamentos da reforma agrária, empreendimentos econômicos solidários e cooperativas e associações de catadoras e catadores de materiais recicláveis do Rio Grande do Sul e do Paraná.

A diaconia transformadora de Jesus é misericórdia, compaixão e coragem alentadora para o trabalho em 2020. O acompanhamento e apoio de conselheiras e conselheiros são imprescindíveis para atravessarmos esse difícil momento. Deus é nosso guia.

  • Mais informações sobre Diretoria e Conselhos estão disponíveis AQUI.