DOAR AGORA

Projeto Amazônia Viva Alimenta (AVA) abre edital para recuperação socioeconômica de empreendimentos comunitários da agricultura familiar da Amazônia mato-grossense

Projeto Amazônia Viva Alimenta (AVA) abre edital para recuperação socioeconômica de empreendimentos comunitários da agricultura familiar da Amazônia mato-grossense
10 de fevereiro de 2022 Thais

A pandemia cobrou um preço alto do segmento que mais coloca comida na mesa da população brasileira. Ao longo dos últimos dois anos, o fechamento de canais de comercialização como feiras, mercados institucionais, encerramento de programas de compras institucionais, como para escolas da rede pública, o desmantelamento e precarização de políticas públicas e sociais, afetaram duramente a agricultura familiar.

Contribuir para recuperar e fortalecer essa base produtiva, sob as perspectivas da agroecologia, das justiças econômica e de gênero, sustentabilidade e democracia digital, é o objetivo do projeto Amazônia Viva Alimenta – AVA! Uma iniciativa coordenada pelo Instituto Centro de Vida (ICV) em parceria com a Cooperação de Apoio a Projetos de Inspiração Alternativa (CAPINA) e a Fundação Luterana de Diaconia (FLD).

Com financiamento da União Europeia, o AVA prevê o apoio a 20 organizações comunitárias de 9 municípios da Amazônia mato-grossense, por meio de ações que intencionam assegurar o empoderamento social e econômico das mulheres, promover o aumento do manejo orgânico da produção primária vegetal e incentivar o extrativismo sustentável.

Ao todo, cerca de 650 famílias rurais serão atendidas com formação em viabilidade econômica e gestão democrática, pesquisas participativas de mercado e gestão de projetos, apoio a circuitos curtos de comercialização, assistência técnica para apoiar o aumento da oferta de produtos orgânicos, dentre outros.

Uma das ações previstas no projeto é a abertura de edital com o objetivo de apoiar cooperativas e associações comunitárias da agricultura familiar e grupos de mulheres. Esse edital terá foco na construção de arranjos para a viabilidade socioeconômica e ambiental da agricultura familiar e seus empreendimentos, buscando contribuir com a sua recuperação socioeconômica frente aos desafios impostos pela pandemia de COVID-19. Serão priorizadas propostas de organizações comunitárias da agricultura familiar com mulheres em sua liderança.

 

Serão apoiadas propostas com valores entre R$ 14.000,00 e R$ 20.000,00 que atendam aos objetivos e aos critérios de pré-seleção e avaliação do edital.

Abrangência: somente serão considerados projetos  de âmbito municipal ou intermunicipal do Estado do Mato Grosso, nos municípios de: Carlinda, Colniza, Cotriguaçu, Nova Bandeirantes, Nova Monte Verde, Paranaíta, Alta Floresta, Itaúba, Nova Santa Helena e Peixoto de Azevedo.

Importante:

– Prazo para envio de projetos: 30 de março de 2022, às 22h59min, horário de Mato Grosso
– O prazo para execução do projeto é de 6 meses – de maio a novembro de 2022.
– Os projetos devem ser enviados por meio de formulário eletrônico, disponível no endereço https://projetos.fld.com.br/requerente/login.php
– Os documentos solicitados nos itens 2 e 12 deverão ser anexados no formulário eletrônico de projetos no momento da inscrição. 

Links úteis:

Cadastre-se para receber nossa newsletter

Personel Maaşları