Encontro da Rede de Comércio Justo e Solidário reúne empreendimentos do Rio Grande do Sul

Notícias

Encontro da Rede de Comércio Justo e Solidário reúne empreendimentos do Rio Grande do Sul

Quarenta pessoas, 37 mulheres e três homens, de 21 empreendimentos do Rio Grande do Sul, participaram no dia 23 de setembro, em Porto Alegre, no encontro geral da Rede de Comércio Justo e Solidário da FLD. O Conselho Gestor da rede coordenou o encontro.

A professora Doutora do Programa de Gênero e Religião da Faculdades EST, Marli Brun, promoveu uma atividade sobre o protagonismo das mulheres na Reforma Luterana e na Economia Solidária.

Após a apresentação do conselho gestor, houve a prestação de contas do Fundo Justo e Solidário e espaço para perguntas. À tarde, as pessoas presentes reuniram- se por segmento: Alimentação, Artesanato, Confecção e Serviços, para realizar o mapeamento da comercialização e de compras coletivas de insumos e discutir a formação de uma rede de educadoras e educadores da economia solidária.

Após o lanche, os grupos tiveram espaço para discutir estratégias de sustentabilidade dos empreendimentos econômicos solidários no contexto atual. O almoço e os lanches foram fornecidos por empreendimentos econômicos solidários. Ao invés de copos plásticos, as participantes e os participantes usaram a caneca da rede.

“Agradeço à FLD por oportunizar a construção da nossa história na rede de economia solidária. Este mundo de igualdade e justiça é possível e somos as sementes trabalhando para isso”, disse Maria Rejane Aurélio da Silva, da Associação Mulheres Educando e Semeando (AMES). “Mesmo nesse momento tão difícil que estamos vivendo não podemos desistir. Somos resistência.”