fbpx
DOAR AGORA

11 toneladas de alimentos da agricultura familiar são entregues em comunidades da região sul do RS

11 toneladas de alimentos da agricultura familiar são entregues em comunidades da região sul do RS
20 de maio de 2020 Thais

Entre os dias 5 e 13 de maio, a FLD-COMIN-CAPA entregou 682 cestas com alimentos da agricultura familiar para comunidades kilombolas, indígenas e agricultoras afetadas pela pandemia da Covid-19 num contexto ainda mais dramático por conta da forte estiagem que atinge todo o Rio Grande do Sul.

A iniciativa teve apoio da BB Seguros e do banco BV, empresas do conglomerado Banco do Brasil, além da Cooperforte Cooperativa de Crédito, que destinaram recursos à Fundação Banco do Brasil para ações de assistência social, prevenção e combate à pandemia.

As cestas foram entregues em diversos municípios da região sul, totalizando aproximadamente 11 toneladas de alimentos fornecidos pela agricultura familiar por meio das cooperativas União e CAFSUL, assessoradas pelo Centro de Apoio e Promoção da Agroecologia (CAPA) núcleo Pelotas, além de produto de limpeza do empreendimento econômico solidário, Mundo Mais Limpo, de São Leopoldo. Assim, esta ação solidária além de beneficiar famílias em situação de vulnerabilidade fortaleceu também as famílias do campo que produzem alimentos e que estão enfrentando sérias dificuldades para comercializar por conta da suspensão das feiras e dos programas de compras públicas.

De acordo com Valdemar Vahl, presidente da Cooperativa dos Apicultores e Fruticultores da Zona Sul (Cafsul), responsável pela produção de grande parte dos alimentos que foram entregues, nesta ação “há o benefício para os dois lados, tanto na entrega para as pessoas que estão precisando destes alimentos, como também o de comprar os produtos da agricultura familiar, pois as agricultoras e os agricultores dependem muito de mercados institucionais, como o da merenda escolar, por exemplo, e que, neste momento, também não estão conseguindo comercializar seus produtos”, explica.

Roni Bonow, coordenador geral da FLD-CAPA Pelotas, também destaca a importância que estas doações têm, tanto para quem produz os alimentos, como para quem recebe as cestas. “Esta ação fortalece a agricultura familiar, as cooperativas, associações e grupos produtivos e ainda auxilia populações que estão neste momento passando por grandes dificuldades em razão da pandemia e também da forte estiagem”, completa.

Catadoras e catadores de materiais recicláveis, comunidades indígenas, comunidades kilombolas, empreendimentos econômicos solidários, assentamentos e acampamentos da reforma agrária do Rio Grande do Sul e do Paraná foram beneficiados nesta ação que, entre os dias 5 e 13 de maio, atendeu diretamente 1.900 famílias com um total de 30.400kg de alimentos.

Acesse, doe e compartilhe: coronavirus.fbb.org.br

#AgroecologiaEmDefesaDaVida #ComidaBoaNaMesa #AlimentoSaudávelÉumDireito #UnindoCampoeCidade #AgriculturaFamiliar #AgroecologiaÉoCaminho #ComidaDeVerdade #Agroeocologia #AgroecologiaÉvida #AgroecologiaEmRede