DOAR AGORA

Equipamentos para manejo agroflorestal são entregues a famílias no Oeste de Santa Catarina

Equipamentos para manejo agroflorestal são entregues a famílias no Oeste de Santa Catarina
26 de outubro de 2021 Thais

Em São Miguel do Oeste, a agrofloresta está localizada na unidade familiar de Alcione Seghetto e de Charles Reginatto

A FLD-CAPA Erexim, entregou, no dia 26 de agosto, roçadeiras costais às famílias onde estão sendo estruturadas as Unidades de Referência (URs) em Sistemas Agroflorestais nos municípios de São Miguel do Oeste e Palmitos, região Oeste de Santa Catarina. 

As URs são parte do projeto Rede CAPA de Agroecologia, desenvolvido no âmbito do Programa Ecoforte, apoiado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e pela Fundação Banco do Brasil (FBB) e realizado pela Fundação Luterana de Diaconia (FLD) junto aos cinco núcleos do Centro de Apoio e Promoção da Agroecologia (CAPA). 

As unidades agroflorestais são compostas de diversas culturas em uma mesma área, aliando a produção de alimentos com a preservação ambiental. Em São Miguel do Oeste, a agrofloresta está localizada na Linha Bela Vista das Flores, na unidade familiar de Alcione Seghetto. Em Palmitos, na  Linha Progresso, junto à família de Viviane Kappel. 

No final de 2020, em cada unidade, foram plantadas 84 mudas de árvores frutíferas e nativas, de 23 diferentes espécies. Segundo o assessor técnico de FLD-CAPA, Diego Sigmar Kohwald, hoje as agroflorestas estão em pleno desenvolvimento vegetativo, apesar da prolongada estiagem e das geadas. “Isso demonstra o compromisso e engajamento das famílias com a implantação e manejo das áreas”. 

DESAFIOS – Na atual fase, as URs estão exigindo mais intensidade no manejo, especialmente com a manutenção das roçadas e podas, além dos cuidados com formigas, insetos e doenças. “Os equipamentos entregues, são essenciais para o manejo da área em implantação, especialmente no período após o inverno”, reforça Kohwald.  

FALA, AGRICULTORA!

A agricultora Alcione Seghetto afirma estar entusiasmada. “Nossa experiência no momento está sendo animadora. Temos cuidado com as formigas que podem atacar as plantas nesse processo de crescimento. Nossa família está aproveitando para acompanhar o processo de desenvolvimento das plantas, conhecendo cada uma”. 

Viviane Kappel diz que, em sua unidade familiar, a agrofloresta ocupou um espaço que antes estava ocioso e conta o que planeja após a roçada. “A área onde está sendo feita a agrofloresta a gente não estava ocupando. As plantas estão se desenvolvendo bem. Depois da roçada, faremos o plantio de adubação verde”.

Viviane Kappel

Personel Maaşları