DOAR AGORA

Nota de apoio e solidariedade ao CONIC e à CFE 2021

Nota de apoio e solidariedade ao CONIC e à CFE 2021
12 de fevereiro de 2021 Thais

Para
Diretoria do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil
Pa. Romi Márcia Bencke – Secretária Geral do CONIC

Queridas irmãs e queridos irmãos

A Fundação Luterana de Diaconia, Conselho de Missão entre Povos Indígena e o Centro de Apoio e Promoção da Agroecologia – FLD-COMIN-CAPA acolhem vocês diante desse tempo difícil de desinformação fanática que fere o Evangelho de Cristo e seu chamado ecumênico, com um trecho de uma oração do texto base da Campanha da Fraternidade Ecumênica – CFE 2021:

Deus amoroso, renova nossa esperança em um mundo unido por teu amor, onde Cristo que é nossa paz, reconstrua a unidade no que que foi dividido pela falta de empatia e reconhecimento da tua face sofrida nos rostos das pessoas em situação de vulnerabilidade. Ouve-nos Deus.

Em oposição ao espírito de fraternidade, unidade e diaconia que sustenta o ecumenismo, entristece-nos a ação desrespeitosa e assediosa empreendida pelo Centro Dom Bosco em suas redes sociais, insurgindo ódio, divisão e desrespeito à caminhada ecumênica ao refutar temas e grupos sociais mencionados no texto base da campanha, revelando ausência de empatia e misericórdia aos povos indígenas, às mulheres e pessoas LGBT que tiveram suas vidas ceifadas pelo feminicídio e transfobia.

As igrejas e a ordenação de mulheres são tratadas com desdém e intolerância nos vídeos que estão sendo veiculados, com uso de sentimentos e palavras sustentadas por ódio e fundamentalismos dirigidos à Diretoria do CONIC, ao P. Inácio Lemke, representante da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil, à Anita Wright, representante da Igreja Presbiteriana Unida e a primeira mulher eleita como Moderadora da IPU, à Pastora luterana Romi Márcia Bencke, a primeira mulher eleita como Secretária Geral do CONIC, em evidente e criminosa manipulação intencional de imagens fora de contexto, que inclui também ofensas ao CESEP e ao Pe. José Oscar Beozzo.

O referido centro peca contra Deus e seu Reino de graça, justiça e amor. Não há nada nos materiais da Campanha que não seja da vontade divina, que pede a nós uma prática cristão orientada pela inclusão, compaixão e erradicação de desigualdades e violências.

Expressamos repúdio, tristeza e preocupação diante da perseguição religiosa fundamentalista e misógina em curso contra a Pastora Romi. O discipulado e a ordenação de mulheres deve ser evangelicamente defendido todas as vezes que a maldade patriarcal se sobrepõe a Jesus Cristo e à justiça de gênero.

Em testemunho diaconal transformador ecumênico, manifestamos solidariedade e apoio ao CONIC e suas igrejas. Afirmamos o nosso compromisso com a CFE-2021, em participação e divulgação.

Em diaconia transformadora,

Eloí Siegert Peter
Fábio Bernardo Rucks
Herbert Knup
Tatiane Gaulke
Cleci Terezinha Koch
Felipe Zarnott
Cibele Kuss
Marilu Menezes
Carla Teifke

Porto Alegre, 12 de Fevereiro de 2021.