DOAR AGORA

Todas as vidas valem, mas no Brasil nem todas importam

Todas as vidas valem, mas no Brasil nem todas importam
24 de julho de 2020 Thais

Fale a favor de quem não pode se defender.
Proteja os direitos de todas as pessoas desamparadas. Provérbios 31.8

Mais de 84 mil mortes por COVID-19 no Brasil. As histórias de vida desaparecem na invisibilidade do pranto de cada família. É um genocídio. Há no país um desamparo pela falta de notícias confiáveis e ausência de uma liderança capaz de manifestar compaixão.

A diaconia transformadora de Jesus é amor, amparo e defesa de direitos humanos. É o próprio Cristo que age por meio de nós ao juntar nossas vozes na afirmação de que as vidas negras importam, as vidas indígenas importam, a vida do povo excluído e desamparado importa. Todas as vidas valem, mas no Brasil nem todas importam.

Apesar de se dizer “terrivelmente evangélico”, é profunda a indiferença do governo brasileiro diante do sofrimento e das milhares de mortes causadas pelo avanço sem controle da pandemia. Por isso, a resistência se faz amorosidade solidária e profética, correndo as periferias, kilombos, aldeias, acampamentos, em ajuda humanitária e denúncias de violação de direitos humanos.

A FLD-COMIN-CAPA abraçam o pranto das famílias enlutadas e denunciam o genocídio em curso no Brasil.